Segunda, 18 Outubro 2021
Égua, mano!
Entretenimento. Esqueça o resto.
MÚSICA SPOTIFY POP ROCK MPA MPB

Veja quem são os 8 artistas amapaenses mais ouvidos no Spotify

Da MPA ao pop rock, artistas têm centenas de ouvintes mensais; confira!

Jessica Alves - 08 de Outubro de 2020

O Spotify é uma plataforma muito usada por artistas para divulgar o seu trabalho na internet, de uma forma mais rápida e fácil. Assim, diversos artistas amapaenses marcam a sua presença no streaming musical. 

Da Música Popular Amapaense (MPA) ao pop rock, artistas de diversos estilos conseguem ouvintes mensais, interessados em seu trabalho e que os seguem para ficar por dentro das novidades e música boa!

Veja uma lista que preparamos com os 8 artistas amapaenses mais ouvidos no Spotify. Lembrando que esta não é uma seleção definitiva e certamente há muitos outros músicos com números variados de ouvintes mensais, e que merecem ser igualmente admirados e reconhecidos. 

Patrícia Bastos 

Com 2.086 ouvintes mensais, Patrícia Bastos encanta com sua sonoridade que mistura ritmos como o marabaixo, batuque, além da influência dos cantos indígenas e caribenhos. 

A cantora tem projetos premiados no Prêmio da Música Brasileira nas categorias Melhor Disco e Melhor Cantora Regional em 2014 (Zulusa) e Melhor Álbum em 2017 (Batom Bacaba). Ouça AQUI.

Loham 

O cantor amapaense Loham se destaca em Goiás e atualmente tem 1.196 ouvintes mensais no Spotify. A marca nortista do carimbó e marabaixo, aliado ao rock e música eletrônica compõem o trabalho do artista, que lançará no dia 10 deste mês o videoclipe da música "Pretou, Brilhou". Ouça AQUI.

Amadeu Cavalcante

Um dos artistas mais renomados do estado possui clássicos como “Tarumã”, “Taja", "Açucena", "Coração Tropical", "Canção do Equador", "Ave de rapina" e muito mais.

Atualmente com 692 ouvintes mensais, Amadeu Cavalcante é um dos representantes da MPA, que iniciou a sua força nos anos 80. Ouça AQUI.

Zé Miguel 

Mais um grande nome da MPA, Zé Miguel tem 616 ouvintes mensais no Spotify e é um dos principais representantes da música na Amazônia, com valorização dos ritmos regionais, como o batuque e o marabaixo, elementos marcantes da cultura afro, no Amapá.

É autor de "Pérola Azulada", "Vida Boa", "Meu Endereço", "A Flor e o Beija - Flor", "Meninas Da Amazônia" e muito mais. Ouça AQUI.

Jhimmy Feiches 

Recentemente, Jhimmy Feiches, que tem  430 ouvintes mensais no Spotify, divulgou o seu novo single, “Vestígios”. E para 2021, ele lançará o seu primeiro álbum autoral, “DENTRO D´ÁGUA A GENTE NÃO CHORA”.

O seu estilo viaja pelo indie, pop e experimental, inspirado em artistas como Michael Jackson e Aurora. Ouça AQUI. 

João Amorim

João Amorim se destaca na nova geração de cantores do Amapá, com 401 ouvintes mensais no Spotify.  O cantor e compositor de 35 anos lançou recentemente o single “Festa Temporã”, que fará parte de seu segundo álbum, que lançará em 2021. 

João iniciou na música com apenas 15 anos, quando era tecladista na Choperia da Lagoa, casa de eventos em Macapá. Ouça AQUI.

Negro De Nós 

Com 392 ouvintes mensais, a banda Negro de Nós conquista pelo som dos ritmos afro-caribenhos, do zouk love e batidas de tambor que estão presentes em suas composições.

O grupo tem mais de 13 álbuns gravados e é um dos mais tradicionais em Macapá. Nos anos 90, conquistou muita notoriedade, inclusive, com um contrato com uma gravadora da Alemanha. Ouça AQUI.

Brenda Zeni 

Representante do rock and roll, Brenda Zeni é seguida por 353 ouvintes mensais. Personalidade é a marca da cantora e instrumentista, que há mais de 10 anos promove um mix de sons e elementos culturais. 

Brenda já se apresentou em Macapá, Santana, Laranjal do Jari, Oiapoque  e fora do estado, em Tocantins e Pará. Ouça AQUI.

 

Foto/Brenda Zeni: Rudja Santos
Foto/Lohan: Photitas
Foto/Jhimmy Feiches: Eudes Vinicius

 

 

Compatilhe no Facebook
Compatilhe no Twitter
Publicidade