Terça, 24 Novembro 2020
Égua, mano!
Entretenimento. Esqueça o resto.
CINEMA FILMES DE VOLTA PARA O FUTURO DAY GEEK

No “De Volta Para o Futuro Day”, fãs em Macapá falam sobre o sucesso da trilogia

Dia 21 de outubro é celebrado por fãs por ser a chegada de Marty McFly ao futuro.

Jessica Alves - 21 de Outubro de 2020

Há exatos 35 anos, Marty McFly pousava com o DeLorean na cidade de Hill Valley, vindo de 1985 com o cientista Doc Brown, sua namorada Jennifer e o cãozinho Einstein. Claro que tudo é apenas ficção, na clássica cena do filme “De Volta para o Futuro 2”, mas a data 21 de outubro virou simbólica para os fãs da produção.  

Assim, todos os anos é celebrado o “De Volta para o Futuro Day”, em homenagem a este filme que marcou o cinema mostrando com criatividade e inovação nas telonas como seria o futuro em 2015, na parte 2 da trilogia, de 1989.

Mas desde a primeira parte lançada há 35 anos, em 1985, De Volta para o Futuro conquista milhares de fãs ao redor do mundo, se tornando ícone na sétima arte na cultura pop.

No “De Volta Para o Futuro Day”, fãs em Macapá falam sobre o sucesso da trilogia

Um deles é Élcio de Paula, de 38 anos, que desde a infância acompanha as aventuras do jovem McFly e se tornou fã da história. Ele assistiu pela primeira vez aos 8 anos, em 1990, quando o filme estreava na “Tela Quente”, da Rede Globo.

No “De Volta Para o Futuro Day”, fãs em Macapá falam sobre o sucesso da trilogia

Foto: Arquivo Pessoal 

“Aquela segunda-feira foi a estreia da Tela Quente, com De Volta para o Futuro. Lembro até da minha mãe conversando sobre o enredo e todos da rua de casa assistiram e comentaram. É um filme que agrada muito, diverte, tem aventura, ficção científica e referências a si mesmo que se tornou comum no cinema”, disse.

No “De Volta Para o Futuro Day”, fãs em Macapá falam sobre o sucesso da trilogia

Para ele a trilogia é perfeita devido ao desenvolvimento do roteiro, que até hoje encanta muita gente. E apesar de fazer parte dos fãs que descartam a possibilidade de um quarto filme, Élcio acredita que a história ainda poderia ser explorada em outras mídias.

“Por agradar tanta gente, muitos  dividem opinião sobre uma parte 4 do filme. Particularmente se anunciasse uma série de TV, estilo Cobra Kai, que continuou Karatê Kid, eu ficaria curioso para assistir”, sugere.

 

O fotógrafo Maksuel Martins, de 36 anos, também é fã de De Volta para o Futuro desde criança e atribui o sucesso do filme à temática fascinante que é viajar no tempo. 

“Na parte 2 é como se a gente visse os bastidores do filme. A linguagem do filme para a época é revolucionária e por isso se tornou um marco. Toda a história de carro que voa, visão futurista e a viagem no tempo ficou em nosso imaginário, e até acertou em algumas coisas que realmente existiram em 2015”, disse.

No “De Volta Para o Futuro Day”, fãs em Macapá falam sobre o sucesso da trilogia

Foto: Anderson Melo 

Ele completa que De Volta para o Futuro foi um divisor de águas na história do cinema, rendendo ainda uma parte 3 lançada em 1990. “Para mim e para todos da nossa geração dos anos 80 e 90 contribuiu para a influência cultural, na música e outros filmes por exemplo”, ressalta.

A psicóloga Aretuza Alves, de 34 anos, afirma que sempre gostou de De Volta para o Futuro e ele foi um dos grandes incentivadores para ela também gostar de assistir filmes e séries em geral.

No “De Volta Para o Futuro Day”, fãs em Macapá falam sobre o sucesso da trilogia

Foto: Arquivo Pessoal

“Eu gosto muito da temática da viagem no tempo e por causa de De Volta para o Futuro, comecei a me interessar no assunto. As atuações de Michael J. Fox e Christopher Lloyd são apaixonantes e a história é muito cativante, com os encontros que ele tem, como os próprios pais adolescentes”, relembra.

Ela aponta que o tom cômico e a construção da história foram as grandes sacadas para que o filme virasse um clássico, em sua opinião. 

“É um tesouro no cinema por ter sido algo único. Toda a construção, boa narrativa, humor, ficção científica e aventura, também é reflexivo, mostram o porquê do filme ser tão cultuado. Por mais que ocorram outras histórias desse tom, não chega nem perto por ser algo tão revolucionário”, garante.

21 de outubro de 2015

Em De Volta para o Futuro 2, Marty McFly viaja até 21 de outubro de 2015, em uma visão oitentista de como seria o futuro. Nas cenas que se tornaram memoráveis, há carros voadores movidos a lixo, sapatos autoamarráveis e garçons-robôs, além do famoso hoverboard, uma espécie de skate voador.

Obviamente a realidade foi e é bem diferente da imaginada pelos roteiristas Bob Gale e Robert Zemeckis, mas nada que tire o brilho desta aventura épica que vale a pena ser vista e revista muitas e muitas vezes!






Compatilhe no Facebook
Compatilhe no Twitter
Publicidade