Sábado, 18 Setembro 2021
Égua, mano!
Entretenimento. Esqueça o resto.
ANIMAÇÃO SÉRIE CRIANÇA AMAZÔNIA MARABAIXO

Produção paraense destaca Marabaixo em animação infantil

Série Brinquedonautas estreou no canal Nat Geo Kids.

Por Redação - 10 de Agosto de 2020

Produzida pelo Estúdio de Animação Paraense Iluminuras, a série de animação inédita Brinquedonautas tem um episódio inteiro dedicado ao Marabaixo. As histórias são exibidas no canal de televisão por assinatura Nat Geo Kids durante a semana, às 12h30 e 18h15. A classificação é livre.

Produção paraense destaca Marabaixo em animação infantil

O Marabaixo, principal manifestação cultural do Amapá, ganhou uma história divertida e cheia de aventuras. Numa brincadeira de sons com o corpo, Zeca, um dos personagens, se revela um grande ritmista, e quando os Brinquedonautas chegam em Mazagão para a festa, descobrem que Ladislau está com o braço engessado e não conseguirá batucar respeitando o ritmo.

A saída é conseguir mais instrumentos e aprender com Zeca, para então ensinar os Brinquedonautas a tocar a tempo da grande festa. A série conta com 13 episódios de 7 minutos cada e tem como objetivo abordar brincadeiras tradicionais da cultura popular amazônica.

A animação é protagonizada por cinco crianças que contam histórias que estimulam a inclusão social e tem o propósito de resgatar e divulgar as diversas brincadeiras de rua praticadas na Região Norte do país.

O grupo viaja a bordo de um zepelim que funciona também como uma brinquedoteca flutuante. Por onde passam Malu, Dara, Zeca, Gui e Tuti aprendem divertidas maneiras de se divertir valorizando o folclore regional.

Os personagens percorrem cidades, e fazem amizades com jovens que residem próximos aos rios, nas aldeias indígenas e em comunidades quilombolas. A animação destaca, além de manifestações folclóricas como o Marabaixo, Boi de Máscaras e Carnaval no Mangue.

O desenho encoraja as relações sociais entre os pequenos e aborda relações entre tecnologia e passatempos manuais experimentando atividades ao ar livre e jogos de tabuleiro.

Produção paraense destaca Marabaixo em animação infantil

A série tem personagens com necessidades especiais que encaram essas condições com autonomia em seu cotidiano.

As características que distinguem os protagonistas da trama fortalecem a interação entre eles. Essas diferenças se complementam e enriquecem seu convívio. As limitações físicas ou intelectuais não impedem os jovens de viverem uma infância bastante animada.

Cadeirante, Zeca é um menino muito corajoso, aventureiro e cheio de ginga que contagia a todos com sua alegria e otimismo. Ele adora brincadeiras que envolvem esportes. Malu tem grande sensibilidade artística, fala libras e usa um aparelho auditivo.

Engraçado e atrapalhado, Gui tem uma prótese colorida em um dos braços. Ele é muito companheiro e sabe rir de si mesmo. Dara é uma menina muito inteligente e independente que adora aprender. Já Tuti é o mais tímido da turma. Inventivo e genial, ele é autista.

A série infantil, que tem direção de Andrei Miralha e Petronio Medeiros, é uma obra independente. A produção também conta com participação do amapaense Marcus de Oliveira, que colaborou com o roteiro e a edição da série.

"Foi uma grande alegria participar da construção dessa série de animação tão importante para o imaginário cultural amazônico. Brinquedonautas, mesmo que em curtos episódios, traz mensagens relevantes de respeito, diversidade, representatividade, criatividade e inovação. E tudo isso em ambientes da região amazônica! Retratando aspectos de brincadeiras tradicionais dos nossos povos, sejam eles urbanos, indígenas ou quilombolas. Fazer parte disso, poder colaborar e ver um episódio sobre Mazagão, Marabaixo e o Amapá, então, é uma grande satisfação! É muita brincadeira e diversidade em uma série só!", conta Oliveira.

 

Com informações de revistadecinema.com.br

Fotos: cedidas por Marcus de Oliveira. 

Compatilhe no Facebook
Compatilhe no Twitter
Publicidade